Multinacional pagou propina a Silas Rondeau para receber pagamentos atrasados da Eletronuclear, diz MPF

O Ministério Público Federal diz que o ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau, alvo hoje da Operação Fiat Lux, recebeu propina da Areva, empresa franco-alemã, para que a Eletronuclear pagasse dívidas que tinha com a companhia… Leia este conteúdo na integra em: Multinacional pagou propina a Silas Rondeau para receber pagamentos atrasados da Eletronuclear, diz […]